PARA OS FILHOS E FILHAS OS EXEMPLOS VALEM MAIS DO QUE CONSELHOS!

CategoriasBlog, CARREIRA, COACHING, ESCOLHA PROFISSIONAL80 visualizações

Por: Claudia Carraro/Carreira&Cia

No segundo domingo do mês de agosto comemora-se o dia dos pais.Mas o dia  não serve só para comprar presentes, ele nos faz lembrar uma figura muito importante nas nossas vidas.

Salvo tristes exceções, a figura do pai na vida de um filho é o de herói.As crianças desde muito pequenas já entendem que aquele homem terá um papel fundamental na vida delas. O pai apoiador, defensor, conselheiro, protetor. O pai que é uma mãe. O pai herói.

TRANSFORMAÇÕES NAS RELAÇÕES FAMILIARES

As relações familiares vêm se transformando e atualmente muitos pais assumem a educação dos filhos sozinhos, não só no papel de sustentá-los financeiramente, mas também nos cuidados que antigamente eram realizados somente pela mãe.

O papel do homem nas relações familiares vem mudando a cada ano, consequentemente o de pai também. O machismo e preconceito finalmente, estão sendo deixados de lado e os homens estão ajudando cada vez mais, muitas vezes assumindo o papel que antes era totalmente feminino.

Como, por exemplo, um pai que assume sozinho os cuidados com a filha recém nascida, que durante toda a noite, a cada duas horas , levanta ,vai até a cozinha, e prepara a mamadeira somente com uma das mãos, porque a outra está ocupada segurando aquela pequena menininha que chora querendo mamar, essa rotina ainda inclui a troca da fralda e fazê-la dormir novamente para que, dali a duas horas comece tudo de novo. Rotina pesada para quem não foi preparado para isso. Ou aquele pai que por circunstâncias não esperadas da vida precisa assumir sozinho a criação e educação dos filhos e fazer também aquilo que não foi preparado para fazer, o papel de mãe.  Outros pais cuidam da casa, levam e buscam as crianças na escola, preparam a refeição. São os novos tempos, onde a participação, cooperação, respeito e principalmente amor são os princípios básicos para uma relação familiar saudável e feliz.

EXEMPLOS VALEM MAIS DO QUE CONSELHOS

Mais do que os conselhos, o que vale mais, são os exemplos que o pai pode dar para os seus filhos. A criança observa muito o comportamento do pai e aprende com esta convivência, portanto, se quer que seus filhos sejam seguros, respeitadores, estudiosos, disciplinados, corajosos, honestos, tranquilos e felizes precisam antes de qualquer coisa, dar este exemplo. Valor moral aprende-se em casa, com o pai e a mãe, este papel não deve ser deixado para a escola.

A INFLUÊNCIA DO PAI NA ESCOLHA PROFISSIONAL

O pai-assim como a mãe- é referência e influencia as decisões dos filhos em várias áreas da vida, inclusive em relação à profissão. Os filhos podem escolher a mesma profissão do pai, sem levar em consideração a verdadeira aptidão e interesse. Podem também deixar de escolher a mesma profissão por achar que o pai não teve tanto sucesso.  É comum que os filhos optem por seguir a mesma profissão do pai, porém esta escolha deve ser saudável, isto é, seguir a mesma profissão pensando somente em continuar o negócio ou aproveitar a situação já pronta sem levar em consideração a verdadeira vocação, pode gerar grande frustração e infelicidade além do risco da destruição do que já foi construído pelo pai. O que deve ser levando em consideração são as aptidões, interesses e as oportunidades no mercado de trabalho que com certeza serão muito diferentes das que o pai teve.

Alguns filhos precisam assumir os negócios da família ocupando o lugar do pai na empresa. Decisão difícil e complicada quando o filho não se identifica com a profissão e os negócios que terá que assumir no lugar do pai, sem contar com a pressão que recebe por ter que ser tão bom quanto ele. Quando o filho é o herdeiro da empresa ,o pai deve prepará-lo por toda a vida e não só no momento de assumir a posição.

COMO AJUDAR OS FILHOS NA ESCOLHA DA PROFISSÃO?

A melhor maneira de ajudar o filho a definir a profissão é proporcionar a oportunidade e liberdade para que eles descubram suas verdadeiras aptidões, levando sempre em consideração a realidade do mercado de trabalho. Por outro lado, os filhos, para manter um bom relacionamento com o paizão, precisam aprender a respeitá-lo para que o relacionamento continue sendo saudável, pois o pai é herói na nossa imaginação, pois no mundo real ele é humano como todos nós. Parabéns ao meu, ao seu, aos pais da nossa vida!