HABILIDADES SOCIAIS PROFISSIONAIS PRESENTES EM ENGENHEIROS ALUNOS DE MBA DE UMA UNIVERSIDADE NO INTERIOR DE SÃO PAULO-Revista Latin American Journal of Management

CategoriasCOACHING, COACHING PARA ENGENHEIROS, COMPETÊNCIAS SOCIAIS, PublicaçõesNenhum comentário em HABILIDADES SOCIAIS PROFISSIONAIS PRESENTES EM ENGENHEIROS ALUNOS DE MBA DE UMA UNIVERSIDADE NO INTERIOR DE SÃO PAULO-Revista Latin American Journal of Management38 visualizações
Competências como comunicação interpessoal, resolução de problemas e conflitos interpessoais, dar e receber feedback entre outras estão sendo exigidas  dos profissionais de engenharia. Competências técnicas se aprende na faculdade e em cursos específicos ...
Continue lendo

V SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE HABILIDADES SOCIAIS-SIHS- 2015-HABILIDADES SOCIAIS GERENCIAIS

CategoriasCARREIRA, COACHING, COMPETÊNCIAS SOCIAIS, PublicaçõesNenhum comentário em V SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE HABILIDADES SOCIAIS-SIHS- 2015-HABILIDADES SOCIAIS GERENCIAIS96 visualizações
TREINAMENTO DE HABILIDADES SOCIAIS PROFISSIONAIS É fácil encontrar chefes que sabem muito o trabalho, mas  não sabem lidar com pessoas e causam  mal estar e desmotivação na equipe. O proprietário da empresa estudada aborda o funcionário em local e modo  ...
Continue lendo

XVI Mostra Internacional de pós graduação-CICTED-2015-Estudo sobre coaching no Brasil-

CategoriasPublicaçõesNenhum comentário em XVI Mostra Internacional de pós graduação-CICTED-2015-Estudo sobre coaching no Brasil-76 visualizações
O coaching é um processo que vem se destacando no cenário brasileiro nas últimas décadas. Muitas organizações, vem usando o processo de coaching para desenvolver seus profissionais. Apesar de atualmente haver muitos coaches praticantes no mercado, existe ...
Continue lendo

XVII Mostra Internacional de Pós Graduação-CICTED- 2016- Taubaté-Associativismo farmacêutico

CategoriasCARREIRA, PublicaçõesNenhum comentário em XVII Mostra Internacional de Pós Graduação-CICTED- 2016- Taubaté-Associativismo farmacêutico99 visualizações
Pequenas farmácias juntam-se em redes associativistas para tornarem-se mais fortes e competirem no mercado com as grandes. De acordo com Carraro, Carniello e Rodrigues (2016), o associativismo farmacêutico pode ser considerado um modelo de aliança ...
Continue lendo